Tratamento

Os tratamentos para reduzir o desconforto dos sintomas da amigdalite incluem:
o alívio de dor, anti-inflamatórios, medicamentos para a diminuição da febre (paracetamol e/ou ibuprofeno), alívio da dor de garganta (gargarejos de água salgada quente, pastilhas, aspirina dissolvida para gargarejar (a aspirina é um anti-inflamatório, não tome quaisquer outros medicamentos anti-inflamatórios com este método), e líquidos gelados/ frios).

Se a amigdalite for causada pelos streptococcus do grupo A, então são úteis antibióticos com penicilina ou amoxicilina, sendo as primeiras escolhas. As cefalosporinas e os macrolidos são considerados boas alternativas à penicilina nos casos agudos.
Um macrolido, tal como a eritromicina é usado para pessoas alérgicas à penicilina. As pessoas que não conseguem curar-se com penicilina podem ter uma resposta a um tratamento eficaz contra bactérias produtoras de beta-lactamase, com a clindamicina ou amoxicilina-clavulanato. As bactérias aeróbias e anaeróbias produtoras de beta-lactamase que habitam os tecidos das amígdalas podem formar um “escudo” que protege o streptococcus do grupo A das penicilinas. Quando amigdalite é causada por um vírus, a duração da doença depende do vírus em questão. Normalmente, é feita uma recuperação completa num espaço de uma semana, no entanto, os sintomas podem durar até duas semanas. Casos crónicos podem ser tratados com uma amigdalectomia (remoção cirúrgica das amígdalas), como escolha de tratamento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>